franquias lucrativas para cidades pequenas

Franquias Lucrativas para cidades pequenas

Este artigo é para você que mora em um pequeno município e pensa em abrir um negócio próprio. O Portal Franquias Já selecionou 5 opções de franquias lucrativas para cidades pequenas, muitas delas exigem baixo investimento.

Especialistas afirmam que franquias dão certo em pequenas cidades e que a interiorização do franchising é tendencia de mercado. Os últimos números  divulgados pela ABF- Associação Brasileira de Franchising, mostram que os municípios com Até 100 mil habitantes já representam 86% das 2.243 cidades que possuem operações de franquias.

O que diz o presidente da ABF

” Antigamente as redes concentravam-se apenas em Capitais e grandes centros. Mas mudanças econômicas e de hábitos dos consumidores fizeram as marcas avançarem para localidades menores e hoje temos muitas opões de franquias lucrativas para cidades pequenas– Altino Cristofoletti – presidente da ABF e fundador da Rede Casa do Construtor. 

Ao todo, temos em nosso país 78.743 unidades franqueadas, destas 11.630 (15%) estão concentradas em municípios com até 100 mil habitantes. Paulínia, São Roque e Vinhedo são cidades ( de até 100 mil hab.) com a maior quantidade.

Atualmente, temos municípios de até 100 mil habitantes com renda per capita semelhante a de grandes cidades, isso demonstra o potencial de mercado e atrai as redes.

”Outro fator são os novos modelos de negócios, formatados para atender a demanda das pequenas cidades. É uma tendência dentro do sistema de franchising. Este processo aconteceu nos Estados Unidos, na Europa e de algum tempo para cá, está ocorrendo no Brasil”, explica Altino Cristofoletti – vice-presidente da ABF e fundador da Rede Casa do Construtor. 

Franquias Lucrativas para cidades pequenas- opções de baixo custo

1- Franquia Maria Brasileira

A Maria Brasileira, especializada em serviços de limpeza, cuidados e conservação de ambientes, está neste caminho, o da interiorização do franchising. E está na lista das franquias lucrativas para cidades pequenas.

O negócio foi formatado pensando em atingir cidades menores e em três anos de operação já conta com 17 unidades em pequenos municípios ( até 100 mil habitantes).

Os investimentos são divididos em três classes, de acordo com o número populacional: 1- Cidades até 50.000 habitantes;  2- Cidades de 50 a 100.000 habitantes; 3-Cidades acima de 100.000 habitantes.

“Vivenciamos uma mudança na cultura dos brasileiros, e isto em cidades menores é potencializado com o boca a boca. Se o franqueado presta o serviço com excelência, a novidade é bem aceita pelos consumidores”, afirma André Matos – gerente nacional de expansão. 

Raio X Franquia Maria Brasileira

Modalidade: de serviços de limpeza e conservação
Ano de Fundação: 2012
Entrada para o Franchising: 2013
Número de unidades: 132
Modelo de negócio: Loja ou Home Office
Capital para Instalação: R$ 7.000,00 à R$ 12.000,00
Investimento Total: R$ 47.900,00 A R$ 57.900,00
Taxa de franquia: R$ 24.900,00 A R$ 29.900,00
Capital de Giro: R$ 16.000,00
Royalties: R$ 1.760,00
Taxa de publicidade: Não Possui
N° de funcionários: 02 A 05
Faturamento bruto mensal: R$ 45.000,00
Retorno: 12 a 24 meses

2- Franquia Gigatron

Os modelos de franquia da rede Gigatron – serviços de tecnologia – podem se adaptam a qualquer tamanho de cidade.  Isso acontece em razão da versatilidade  do  formato de negócio, que permite ao franqueado trabalhar em ponto comercial ou home office. A rede é dividida em dois segmentos: um é o Giga Software e o outro é o de Certificado Digital, que atua com a venda de certificados para pessoas físicas e jurídicas.

“Temos diversas franquias em cidades pequenas, como Bilac, Birigui, Araçatuba, Pindamonhangaba, entre outras. Elas apresentam bom desempenho porque o modelo de negócio da Gigatron é voltado ao público-alvo comum dessas regiões, como o pequeno e médio empresário, além de contadores. Além disso, fatores como o networking do franqueado, a facilidade de contatos ou a precariedade do serviço no local, já oferecido pela concorrência, contribuem para o sucesso da rede nessas regiões”, afirma Marcelo Salomão” – diretor executivo da rede Gigatron

ALTA DEMANDA DE MERCADO

Segundo Salomão,  o Certificado Digital representa mais que 50% da rede Gigatron. Somente nesse segmento, a rede oferece vários modelos: o PA (Ponto de Atendimento), onde o Agente de Registro (franqueado) lucra de acordo com os certificados emitidos em seus Pontos de Atendimento; o AGR (Agente de Registro), que trabalha com a prospecção de Pontos de Atendimento e comercializando certificados; o AR (Autoridade de Registro), no qual o franqueado poderá formar sua própria rede de franquias, trabalhando com credenciamento de unidades, para ganhar com escala de vendas; e o AC (Autoridade Certificadora), onde o franqueado se torna dono de uma rede de franquias de Certificados Digitais.

“A Franquia de Certificados Digitais hoje demanda um investimento que vai de R$ 300,00 a R$ 350.000,00 (depende da modalidade).
O outro segmento, o Giga Software,  permite ao interessado se tornar um investidor com apenas R$ 10 mil. Esse modelo de negócio oferece a implantação de softwares em empresas de varejo e prestadores de serviços com o objetivo de melhorar os processos e auxiliar na administração do empresário. A meta de expansão da Gigatron é de chegar a 400 unidades, em dois anos”, explica Salomão.

RAIO X DAS MODALIDADES GIGATRON FRANCHISING

Software
Franquia de implantação de softwares em empresas de varejo e prestadores de serviços, com o objetivo de melhorar os processos e auxiliar na administração do empresário.

Ano de Fundação: 1998
Entrada para o Franchising: 2012
Número de unidades: 58 no Brasil e 3 internacionais
Modelo de negócio: Loja ou Home Office
Taxa de franquia: R$10.000,00
Taxa de Instalação: a partir R$500,00
Capital de Giro: a partir de R$160,00
Royalties: Não Possui
Taxa de publicidade: Não Possui
N° de funcionários: 01
Faturamento bruto mensal: R$30.000,00
Retorno: 01 a 12 meses

Giga Certificados Digitais
Franquia de venda de Certificados Digitais para empresas e pessoas físicas

Ano de Fundação: 1998
Entrada para o Franchising: 2012
Número de unidades: 58
Modelo de negócio: Loja ou Home Office
Taxa de franquia: R$4.500
Taxa de Instalação: a partir a partir de R$10.500
Capital de Giro: a partir de R$500,00
Royalties: Não Possui
Taxa de publicidade: Não Possui
N° de funcionários: 01
Faturamento bruto mensal: R$15.000,00
Retorno: 12 a 24 meses

3- FRANQUIA  BELL BURGER HAMBURGUERIA ARTESANAL

Foi falta de opções gastronômicas e de entretenimento em São Lourenço do Sul, município com menos de cinquenta mil habitantes, interior do Rio Grande do Sul, que encorajou o consultor empresarial Alisson Ferreira a desenvolver a franquia Bell Burger Hamburgueria. Atualmente uma das franquias lucrativas para cidades pequenas que mais de destacam.

Só a unidade piloto faturou mais de Meio Milhão de Reais, em 2016 e gerou 18,5% de lucro líquido, destacando-se como a franquia de hamburgueria de maior lucratividade. Para se ter uma ideia a média de lucro líquido das concorrentes é de apenas 13%.  Leia mais neste post, onde falamos exclusivamente sobre a Bell Burger. 

RAIO-X DA FRANQUIA BELL BURGER

Modalidade: casual foods
Ano de Fundação: 2014
Entrada para o Franchising: 2016
Número de unidades: 1
Modelo de negócio: Loja
Capital para Instalação: não informado
Investimento Total: de R$ 130.000,00 a 230.000,00
Taxa de franquia: R$ 20.000,00
Capital de Giro: R$ 30.000,00
Royalties: 4% sobre faturamento bruto
Taxa de publicidade: Não Possui ou não foi informado
N° de funcionários: 02 A 05
Faturamento bruto mensal: média R$ 45.000,00
Retorno: 8 a 24 meses

Dica extra: receba o contato das franquias lucrativas para cidades pequenas preenchendo o formulário abaixo.

TENHO INTERESSE


2 Comentários
  1. Responder Gilson Silva 2 de junho de 2016 de 13:39

    Matéria muito boa parabéns! Aliás, o blog é muito bom!!!

    • Responder Franquias Já! 2 de junho de 2016 de 13:46

      Olá! Obrigado pelo comentário. Isso nos incentiva a produzir mais e melhor.

deixe uma resposta